Neuropatia induzida pelo tratamento antineoplásico sistémico

O desenvolvimento do tratamento antineoplásico sistémico incluindo fármacos mais antigos e os mais recentes melhorou significativamente o potencial de cura das doenças neoplásicas ou, quando a cura não é possível, a probabilidade de prolongar a sobrevivência. Esta evolução pode causar efeitos laterais agudos e crónicos graves. A neuropatia é um deles e ocorre com frequência. A neuropatia depende do fármaco, da duração e da dose, mas embora o risco seja específico para o fármaco, os sintomas e sinais são muito semelhantes entre os diferentes agentes. 

Clique aqui para abrir o documento

Comentário (0)

Deixe um comentário